Uso de protetor solar para pele negra

por segunda-feira,8 dezembro, 2014 0 , , 0

Olá pretas, olha nós outra vez no ar, o show tem que continuar

A estação mais quente do ano está chegando e o que todo mundo quer é sol, praia e água fresca!

vou de preta verão

Tudo isso é muito bom, mas devemos tomar alguns cuidados com a nossa pele no verão e o principal deve ser o uso constante do filtro solar.

Existe o mito que pessoas negras não precisam usar filtro solar, mas não se engane! Apesar de termos a pele mais resistente ao sol, nós também sofremos queimaduras e também podemos sentir o efeito da radiação e isso vale tanto para o envelhecimento precoce quanto ao desenvolvimento de câncer de pele.

Sem falar que  a nossa pele preta tem predisposição ao aparecimento de manchas escuras no rosto, manchas que podem derivar da picadas de insetos, espinhas, pelos encravados sou qualquer outro tipo de lesão, quando essa área é exposta ao sol gera o escurecimento do local, pois e o escurecimento se dá pela grande quantidade de melanina derramada para a derme que acaba se acumulando.

vou de preta proteção pele

Os dermatologistas recomendam o uso protetor solar com FPS  com fator mínimo de nº 15, com uso diário e que contenham proteção proteção UVA e UVB.

 

Como vocês sabem sou super fã do trabalho da Drª  Kathleen Conceição dermatologista especializada em pele negra;  enquanto não encho meu vidro de moedas pra ir consulta-la no Rio de Janeiro vou acompanhando o trabalho e as dicas que ela passa pra gente meros mortais na rede, uma dica super bacana que encontrei no blog dela foi: Como aplicar o protetor solar:

COMO APLICAR O PROTETOR SOLAR?!

– O produto deve ser aplicado ainda em casa, e reaplicado ao longo do dia a cada 2 horas, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada.

– É necessária aplicar uma boa quantidade do produto, equivalente a uma colher de chá rasa para o rosto e três colheres de sopa para o corpo, uniformemente, de modo a não deixar nenhuma área desprotegida.

– O filtro solar deve ser usado todos os dias, mesmo quando o tempo estiver frio ou nublado, pois a radiação UV atravessa as nuvens.

Vale lembrar que o horário mais seguro para pegar sol é pela manhã, até às 9 horas, e ao final da tarde, após às 16 horas.

Lembre-se se consultar um dermatologista de confiança!

sign-Dai

Anemia falciforme e seus riscos

Olá pretas!

Já ouviram falar em anemia falciforme? Recentemente a prefeita de uma cidade baiana, Rilza Valentim, de 51 anos, morreu por conta de complicações da anemia falciforme, o que me entristeceu, pois Rilza além de jovem, era uma mulher negra de destaque no cenário político de sua região,  e me preocupou também, por esse motivo quero falar um pouco disso com vocês.

Rilza-Valentim_ anemia-falciforme-vou-de-preta
A anemia falciforme é uma doença genética e hereditária, detectada predominantemente em negros, com estimativa de 8% de incidência,  mas no Brasil devido à miscigenação ela pode ocorrer em pacientes de diversas etnias. A doença é caracterizada por uma alteração nos glóbulos vermelhos, que perdem a forma arredondada e elástica, adquirem o aspecto de uma foice e endurecem, o que dificulta a passagem do sangue pelos vasos de pequeno calibre e a oxigenação dos tecidos.

Os portadores dessa doença podem apresentar sintomas diferentes, entre os sintomas mais comuns estão: *Dor forte (provocada pelo bloqueio do fluxo sangüíneo e pela falta de oxigenação nos tecidos); * Dores articulares; * Fadiga intensa; * Palidez e icterícia; * Atraso no crescimento; *Feridas nas pernas; * Tendência a infecções; * Cálculos biliares; * Problemas neurológicos, cardiovasculares, pulmonares e renais; * Priapismo (ereção peniana persistente e dolorosa).

vou-de-preta-anemia-falciforme

 

A doença pode ser detectada por meio de exames sanguíneos e pelo teste do pezinho, e uma vez detectada, não há cura, mas sim tratamento, que deve ser constante e continuo, envolvendo uma equipe de profissionais,  possibilitando assim que o paciente tenha uma melhor qualidade de vida. É importante que estejamos atentos aos indícios dessa doença que caso não tratada adequadamente pode levar à morte, os sintomas isoladamente podem ser confundidos com os sintomas de outra patologia e quanto mais houver demora no diagnóstico, maior serão os prejuízos à saúde do paciente.

A saúde é nosso bem mais precioso, por isso Pretas fiquem atentas, mantenham seus exames e consultas sempre em dia.

 

 

Google+