Samba Reggae: Cores de Aidê

Sabe quando você conhece alguma coisa e quer compartilhar com todo mundo??

Foi assim quando conheci o Cores de Aidê, na IV Semana da Consciência Negra – UNESC, participamos de uma maravilhosa e enriquecedora roda de conversa sobre o empoderamento feminino negro – preciso ressaltar que a cada roda de conversa que participo, percebo o quanto essa troca de confidências nos faz crescer e renovam nossas forças para seguir firme na militância –  a apresentação das meninas e a conversa estavam tão boas que mal percebemos a hora passar.

cores_de_aide_vou_de_preta

Eu fiquei super animada, empolgada, eufórica, queria sair tocando um sonho aprender a tocar percussão, dançando e virei fã, – tive a obrigação de ir buscar mais informações sobre as meninas  pra compartilhar aqui com vocês!!!

Retirei algumas informações da página do Facebook:

Sobre
A Banda Cores de Aidê é formada por mulheres que, através do Ritmo Samba Reggae, de suas danças e composições, honra o respeito e o direito pela liberdade.
HISTORY
 Cores de Aidê nasceu no dia 21 de fevereiro de 2015, no Morro do Quilombo, em Florianópolis. Um grupo de mulheres se uniu para viver a arte e mergulhar no universo percussivo do Samba Reggae. A partir dessa influência afro brasileira, surgiram composições próprias, arranjos, coreografias e principalmente relações baseadas na liberdade e no respeito a união de etnias.
Fonte: Página Oficial Facebook Cores de Aidê

Fonte: Página Oficial Facebook Cores de Aidê

 Membros
Sarah Massignan, Paula Telles, Roberta Funchal, Maria Fernanda Jerônimo, Elaine da Silva, Dandara Manoela, Carla Luz, Cauane Maia, Ana Beatriz Sodré, Geórgia Emanuela, Tágua Andreosi, Kátia Arruda, Aline Martins, Laila Oliveira, Nattana Marques e Cristiane Fernandes.
 
No canal do Youtube,  a Cauane Maia esclarece quem é Aidê, dessa forma conseguimos compreender melhor a identidade do grupo – Eu já me inscrevi no canal e aconselho vocês a fazerem o mesmo.
 

Vi uma novidade  página e acho importante destacar aqui , vai rolar o primeiro CARNAVAL DO BLOCO CORES DE AIDÊ –  pausa para esse momento: EU PRECISO IR! – as meninas também sempre compartilham a data, local  e o horários dos ensaios.

Eu sempre bato na mesma tecla: de noticias ruins o mundo está cheio,  devemos propagar e compartilhar notícias positivas–   coisas boas atraem coisas boas –  e o Cores de Aidê é uma noticia boa, muito boa mesmo – e se eu fosse vocês compartilhava esse post 😬😬😬.

Desejo que o Cores de Aidê cresça cada vez mais, que a musicalidade, o talento e a mensagem de vocês ultrapassem fronteiras, pois a musica é alimento pra alma! 💛💛💛

 Beijos da preta!
sign-Dai
Google+