Retrospectiva 2014: Mi

por segunda-feira,29 dezembro, 2014 0 0

Nessa última segunda-feira do ano, não poderia querer algo melhor do que encerrar com a minha Retrospectiva 2014 e convido vocês a virem lembrar alguns momentos marcantes desse ano comigo.

Como a Dai bem lembrou, esse ano eu fiz minha primeira viagem internacional – mas foi a primeira de muitas porque já estou organizando uma excursão pro Paraguai ano que vem! hahaha

Conhecer uma cultura tão diferente da nossa foi uma experiência inesquecível, e conhecer a Disney e os famosos parques de Orlando, ainda mais!

Como essa preta não desgrudava de mim nem no avião, na maioria das fotos estamos juntas, e é assim que vamos continuar em 2015, né Dainara? *Teu lugar no busão pro Paraguai já está reservado :D

1
Chaves morto, queda de avião, fim do Orkut, Xuxa desempregada, e Claudia Leite a melhor cantora do ano, realmente 2014 não foi um ano fácil pra ninguém… E pra mim foi um ano de (re)descobrir pessoas e amizades, alguns me surpreenderam de formas muito boas, e outras, totalmente ao contrário. Mas prefiro me focar nas boas amizades que são quem realmente merecem a minha atenção.

O Vou de Preta  também foi um acontecimento marcante de 2014, onde a gente decidiu unir as ideias e dividir um pouco do que a gente gosta com vocês, e estou adorando. Espero que vocês também!!

retrospectiva vou de preta mi

 

retrospectiva vou de preta mi

Muitas surpresas boas aconteceram e contribuiram muito para levantar o astral desse ano, que foi puxado, trabalhando finais de semana, feriados e até tarde da noite – e tudo pra quê?

A minha vida profissional deu uma guinada, e finalmente posso dizer que faço o que eu gosto e como eu gosto. As más vibrações ficaram pra trás, e hoje eu trabalho no conforto da minha casa, onde eu posso acender todas as luzes, ligar o ar na temperatura que eu prefiro e levantar pra comer a hora que eu quiser! hahahahaha

Esse ano me ensinou uma lição muito grande, e talvez você nunca tenha parado pra pensar nisso antes, assim como eu também não, mas passei grande parte da minha vida sendo rotulada e nunca sendo eu mesma pras outras pessoas – era sempre a neta da dona Dirce, a filha da Ana, a irmã do Júlio – e quando eu fui eu mesma, era resumida a alguma função, como a “designer” ou a “social media”. Muitas vezes eu mesma me resumia assim. Mas 2014 me ensinou que quando você se resume, você se limita. Eu não quero ser só designer. Eu não quero ser só social media. Eu quero ser tudo que eu tenho vontade e a minha vontade não cabe em mim! Por isso quando fui demitida – pela primeira vez na minha vida – uma porta brilhante se abriu na minha frente e muitas oportunidades surgiram, de onde eu nem esperava. Isso porque o que Deus tinha guardado pra mim, era muito maior do que eu poderia imaginar.

E eu não poderia querer mudança maior pra mim do que a mudança de pensamento. Por isso, posso dizer que sou outra pessoa!

2

Com os cabelos ao vento e sem aparelho!! \0/ nem lembrava que um dia já tinha usado.

E o meu ano termina assim, cheio de agradecimento por tudo de bom que aconteceu, na minha vida e vida das pessoas ao meu redor, e cheio de esperança, sem o peso do que ficou pra trás, sem falsas expectativas e más companhias U.U

Pra esse ano novo e pra todos os outros, só quero coisas boas!

Então, quero aproveitar e desejar pra vocês um ótimo ano, que vocês possam se redescobrir, se reinventar e ser feliz como bem lhes couber.

Um beijo grande no coração de cada uma de vocês que estiveram com a gente nesse ano que passou! ♥

 

sign-Mi

 

Retrospectiva 2014: Dani

por segunda-feira,22 dezembro, 2014 0 0

Olá pretas do meu <3, já que estamos no final do ano e essa época nos faz lembrar tudo o que vivemos durante os últimos doze meses, hoje é a minha vez de fazer a minha retrospectiva do ano de 2014.

Esse ano foi um divisor de águas na minha vida,  foram tantas experiências que contribuíram para que eu amadurecesse ainda mais e me tornasse uma mulher mais confiante e de bem com a vida. Acredito que grande parte dessa mudança está relacionada a um dos acontecimentos mais esperados por mim e minha família: A minha formatura! Durante os quatro anos que permaneci na universidade um mundo novo se abriu pra mim, conheci pessoas incríveis e fui adquirindo conhecimentos técnicos e humanos que carregarei comigo para sempre. Eu tinha um grande medo de que alguma coisa desse errado e me impedisse de realizar o sonho que carreguei comigo durante muito tempo da minha vida, então colocar aquela beca e receber o tão sonhado diploma me fizeram respirar aliviada e ter mais coragem de seguir em frente.

vou-de-preta-dani

Mas nem tudo foi flores… alguns dias depois da minha formatura sofri um episódio de racismo lamentável e covarde: Alguma pessoa no intuito de me diminuir e me atacar, por motivos que até hoje desconheço completamente, compartilhou minhas fotos de formatura dizendo que eu parecia um macaco, nesse momento pude constatar de fato aquilo que já sabia: quando se trata do crime de racismo, nós negros estamos desassistidos, principalmente os negros comuns como eu, que não possuem fama nem dinheiro para processos e investigações, pois no meu caso, até hoje espero um contato da delegacia para averiguar a identidade do covarde que tentou me agredir via internet.

Mas como diz minha diva Alcione: a minha construção é forte e depois de perceber que por falta de vontade das nossas autoridades policiais  eu não conseguiria resolver esse caso eu segui adiante, continuei trabalhando com afinco dentro da sala de aula, recebendo e dando para os meus alunos muito carinho, trocando conhecimentos não apenas sobre os conteúdos de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, mas também conhecimentos sobre a vida, sobre  tudo o que podemos ser e fazer e isso é o que mais me encanta na minha profissão.

matriz

Em junho, alguns dias depois de completar 27 anos (me assusto toda vez que me dou conta de como estou perto dos 30) resolvi mudar o visual, assumi de vez o crespo e resolvi mudar o tom das madeixas, daí em diante percebi que uma nova Dani surgiu, me tornei mais confiante em relação ao visual, fiquei mais ousada e talvez mais abusada, mais acho que posso,  né?  Somado a isso muitas festas, muita amizade e parceria fizeram com o que o meu 2014 fosse especial.

Outra fato que me alegra muito foi a criação do Vou de Preta, quando fui convidada para participar do projeto, fiquei encantada com a possibilidade de compartilhar com vocês um pouco daquilo que penso e vivo, e junto com vocês mudar um pouco o estigma que acompanha a mulher negra.

Desejo a vocês um ano de 2015 repleto de realizações e felicidades e que todas nós possamos alcançar as realizações que tanto almejamos. Já disse aqui uma vez que quando a gente se ama o mundo retribui mandando mais amor ainda, acreditem nisso e teremos um mundo cada vez mais melhor.

Beijos da preta aqui.

sign-Dani

Google+