Karol Conka – Colher de Chá

Recebemos um convite irrecusável para participar no  Rolê das Minas  com a Karol Conka na Colher de Chá – agora pensa num clima bom – multiplica por dez, assim foi o rolê.
Ambiente super bacana  estamos encantadas com o local , várias tribos reunidas, bebida gelada e muita música boa e muito papo sobre empoderamento! E pra fechar com chave de ouro, tivemos o privilégio de conhecer e conversar um pouco com a Karol, o encontro foi rapidinho, mas o suficiente pra entregarmos junto com a Zakii uns mimos e trocarmos umas ideias estamos nos sentindo intimasresumindo foi incrível!

Karol_conka_colher_de_cha_vou_de_preta (59)

 

Aha uhu o rolê é nosso
O mundo é meu, eu sonho, eu faço, eu posso
Aha uhu o rolê é nosso
O mundo é meu, eu sonho, eu faço, eu posso 🎶🎵🎶

Karol_conka_colher_de_cha_vou_de_preta (102)

 

Fica aqui os nossos sinceros agradecimentos a Juliana Waterkemper e a Casa Colher de Chá, por nos permitir participar de um momento tão singular, – a voz das mulheres precisa ser valorizada –  separamos algumas imagens do evento, salve e compartilhe a sua.

Beijos das Pretas 💋💋💋

 

Tá tudo dominado: As pretas vão dominar o mundo!

Vamos falar de coisas boa? Vamos falar das nossas pretas que estão alcançando lugares mais altos, é tanta noticia boa que nem sei por onde começar…

Vamos iniciar nossa conversa falando sobre o  som da Iza, que promete ser uma das revelações do cenário musical,  a bela  conquistou mais de 70 mil seguidores após Hugo Gloss e Paulo Gustavo  compartilharam seus covers e também assinou contrato Warner Music. Hugoooo compartilha algo sobre nós,vai que cola.

A Iza canta sobre o empoderamento feminino e mistura o vocal potente a batidas eletrônicas, ela fez uma participação na minissérie Nada Será Como Antes e uma música na novela Rock Story,  Quem Sabe Sou Eu.

Dá um play no novo clipe da mina – Te Pegar –  e faz o som  trilha sonora dessa nossa conversa.

Aiiii gente e o que falar da despedida de  Barack Obama? Você deve tá se perguntando, mas o post não era sobre mulheres? Mas aí eu lhe digo, tem como falar de Obama sem falar de Michelle?

O ápice da emoção foi quando Obama enxugou lágrimas,ao falar da primeira-dama, Michelle.

“Michelle, nos últimos 25 anos, você foi não só minha mulher e a mãe das minhas filhas, mas você foi minha melhor amiga. Você assumiu um papel, que não pediu, e o fez seu modo, com graça, estilo e bom humor”. Família Obama, voltaaaa por favor!

Michelle-Obama-vou-de-preta

Se tem uma coisa que a lindíssima Taís Araújo sabe fazer é brilhar…

Que mulher, que poder, que diva… e o melhor de tudo é que a atriz vem se engajando cada vez mais na luta contra o racismo“Sei que esses assuntos são chatos, densos, pesados, difíceis. Mas têm de ser discutidos. É a minha questão pessoal: sou uma mulher brasileira negra”

Se em 2016 Taís foi considerada a mulher do ano pela Revista GQ, em 2017 ela roubará a cena novamente, a atriz será a nova integrante do programa do GNT, Saia Justa e estreará em março.

Taís-araujo-vou-de-preta

Vamos ficar de olho no GNT, além de Taís teremos a Karol Conka que é uma das maiores referência da música e do empoderamento feminino estará  em frente ao programa Superbonita, substituirá Ivete Sangalo.

“Eu acho que ainda vou sobreviver pra ver essa revolução acontecer. A gente está passando por uma fase de reeducação cultural mesmo, as pessoas não sabem onde erram, e só sabem quando apontamos o erro. Não fazem por mal. O preconceito é uma questão estrutural e cultural “– afirmou, em entrevista ao GNT.

Karol-conka-vou-de-preta

2017 mal te conheço e já te considero pacas, não me decepcione e nem me faça passar vergonha  neste ano em todas as seis principais categorias do Oscar possuem pelo menos um diretor, atriz ou ator negros. É a primeira vez na história que isso acontece, 2017 também bateu o recorde de indicações a atores negros.

Viola Davis é a primeira mulher negra a ser indicada três vezes ao prêmio!
Outro acontecimento inédito deste ano é que a primeira vez que três atrizes negras competem na mesma categoria. Ao lado de Viola, Octavia Spencer foi indicada por seu papel em ““Moonlight: Sob a Luz do Luar”, e Naomie Harris por “Estrelas Além do Tempo”.

Oscar-vou-de-preta

Depois de todas essas noticias, só posso concluir uma coisa: As pretas vão dominar o mundo!
E quando esse dia chegar, eu tenho certeza que o mundo será um lugar mais justo pra se viver ❤

sign-Dai

Samba Reggae: Cores de Aidê

Sabe quando você conhece alguma coisa e quer compartilhar com todo mundo??

Foi assim quando conheci o Cores de Aidê, na IV Semana da Consciência Negra – UNESC, participamos de uma maravilhosa e enriquecedora roda de conversa sobre o empoderamento feminino negro – preciso ressaltar que a cada roda de conversa que participo, percebo o quanto essa troca de confidências nos faz crescer e renovam nossas forças para seguir firme na militância –  a apresentação das meninas e a conversa estavam tão boas que mal percebemos a hora passar.

cores_de_aide_vou_de_preta

Eu fiquei super animada, empolgada, eufórica, queria sair tocando um sonho aprender a tocar percussão, dançando e virei fã, – tive a obrigação de ir buscar mais informações sobre as meninas  pra compartilhar aqui com vocês!!!

Retirei algumas informações da página do Facebook:

Sobre
A Banda Cores de Aidê é formada por mulheres que, através do Ritmo Samba Reggae, de suas danças e composições, honra o respeito e o direito pela liberdade.
HISTORY
 Cores de Aidê nasceu no dia 21 de fevereiro de 2015, no Morro do Quilombo, em Florianópolis. Um grupo de mulheres se uniu para viver a arte e mergulhar no universo percussivo do Samba Reggae. A partir dessa influência afro brasileira, surgiram composições próprias, arranjos, coreografias e principalmente relações baseadas na liberdade e no respeito a união de etnias.
Fonte: Página Oficial Facebook Cores de Aidê

Fonte: Página Oficial Facebook Cores de Aidê

 Membros
Sarah Massignan, Paula Telles, Roberta Funchal, Maria Fernanda Jerônimo, Elaine da Silva, Dandara Manoela, Carla Luz, Cauane Maia, Ana Beatriz Sodré, Geórgia Emanuela, Tágua Andreosi, Kátia Arruda, Aline Martins, Laila Oliveira, Nattana Marques e Cristiane Fernandes.
 
No canal do Youtube,  a Cauane Maia esclarece quem é Aidê, dessa forma conseguimos compreender melhor a identidade do grupo – Eu já me inscrevi no canal e aconselho vocês a fazerem o mesmo.
 

Vi uma novidade  página e acho importante destacar aqui , vai rolar o primeiro CARNAVAL DO BLOCO CORES DE AIDÊ –  pausa para esse momento: EU PRECISO IR! – as meninas também sempre compartilham a data, local  e o horários dos ensaios.

Eu sempre bato na mesma tecla: de noticias ruins o mundo está cheio,  devemos propagar e compartilhar notícias positivas–   coisas boas atraem coisas boas –  e o Cores de Aidê é uma noticia boa, muito boa mesmo – e se eu fosse vocês compartilhava esse post 😬😬😬.

Desejo que o Cores de Aidê cresça cada vez mais, que a musicalidade, o talento e a mensagem de vocês ultrapassem fronteiras, pois a musica é alimento pra alma! 💛💛💛

 Beijos da preta!
sign-Dai

Hits do Axé Verão/Carnaval 2015

por segunda-feira,17 novembro, 2014 0 , , , , 0

Primeiramente quero me apresentar, sou o Dj William e atuo como dj a 8 anos em Criciúma e na região, gostaria também  agradecer as meninas do Vou de Preta pelo convite.

Venho trazendo um pouco sobre o que vai rola no mundo da música e como estamos  com esse clima de verão vou trazer um pouco dos hits do axé da Bahia que devem bombar no verão e no carnaval de 2015.

1- Como vem acontecendo nos últimos verões,  Léo Santana deve emplacar mais um sucesso: MAMULENGO

2- Márcio Victor com o Psirico também não poderia ficar de fora dessa lista: Xenhenhem

3- EDCITY – BARACATUMBA TETÊ

4- Pagodart  – A Volta

5- Cheiro De Amor – Jasmim

6- SAIDDY BAMBA feat. Igor Kannário – Tremer Tremer

E aí você colocaria mais alguma música nessa lista?

Agora é aguardar o verão e o carnaval 2015!

 

Autor: William Simão

Google+