Mulher negra é o poder: Modelo negra reproduz campanhas de moda

Genteeee,  anota ai na agenda: As pretas vão dominar o mundo e isso não vai demorar muito.

Que vemos modelos brancas todos os dias em anúncios e campanhas de modas não é novidade pra ninguém, o que o povo não tá acostumado – mas já pode ir se acostumado –  é com a questão da representatividadea gente quer se ver meu povo!

A modelo Deddeh Howard, natural da Libéria e vive em Los Angeles . Em um projeto recente chamado Black Mirror (“Espelho Negro”, em inglês) resolveu chutar o balde do preconceito; ela recria campanhas de marcas famosas, ela aparece no lugar de modelos como Gisele Bündchen, Gigi Hadid, Kendall Jenner e Kate Moss, mostrando que o mercado da moda ainda tem muito que evoluir e aprender sobre a representatividade e diversidade.

vou_de_preta

Nas fotos as poses e expressões das modelos do anúncio original são copiadas por Deddeh sem falar das roupas que são bastante semelhantes às usadas por elas.

vou_de_preta_mirror9 vouy

A visibilidade nos comerciais e outdoors é tão importante quanto a eleição do primeiro presidente negro. A próxima geração só pode se inspirar e alcançar as estrelas se acreditar que pode fazer isso. Por essa razão a diversidade em campanhas de anúncios é muito mais importante, na minha opinião, do que você pode imaginar.“, escreveu ela em seu site.

vou_de_preta-mirror-interna

O intuito do projeto é mostrar que, esteticamente, o efeito de uma mulher negra no lugar de uma branca é tão legal como na campanha original. “Quero mostrar ao mundo que é hora de sermos vistas, de verdade, mesmo por grandes marcas” Deddeh Howard.

Se você não tá preparado para todo esse poder das Mulheres Negras, fecha os olhos e sai da frente porque estamos chegando pra ocupar todos os espaços e sem muita cerimônia.

Agora me bateu até uma vontade de voltar a fazer o Look de Preta, será que é uma boa ideia?

Beijos e até a próxima!

Papo entre Pretas: Saiba como foi o evento

Aconteceu  sábado dia 12/11, na COPIRC o 1° Papo entre Pretas, o evento foi recheado de muita conversa boa, troca de informações e risadas.

A dança circular deu inicio as atividades, buscando uma experiência de integração entre as participantes, a prática foi conduzida pela professora Juliana Guimarães 

dsc07633

dsc07661 dsc07668

Feminismo, empoderamento, a solidão da mulher negra e racismo foram os principais pontos discutidos durante a tarde – o papo estava tão bom que nem percebemos a hora passar.

dsc07752

dsc07689 dsc07698

dsc07756 dsc07758

Gostaríamos de agradecer imensamente a presença e colaboração de cada mulher que se fez presente no Papo entre Pretas, que seja o primeiro de muitos!

dsc07775 dsc07781 dsc07788

Beijos das Pretas e até a próxima!

 

 

Google+