Fazendo as pazes com os cachos – Parte II

Como  havia prometido em meu primeiro artigo para o Vou de Preta, voltei para mostrar como ficou a minha mudança definitiva de visual. Depois de algumas horas no salão de beleza, fiquei com as madeixas um pouco mais curtas e muito mais claras, a intenção era só clarear o cabelo, mas resolvi seguir as dicas do meu cabeleiro lindo, Patrício Silva, e mudei o comprimento. Acho que mesmo sem saber ele me ajudou a dar o passo final para a mudança que se iniciava dentro de mim.

cabelo-cacheado-loira-e-curto-vou-de-preta

Muitos dos que estão ao meu redor já me disseram que eu estou diferente, e realmente estou. Cheguei em um momento da minha vida em que estou encerrando ciclos e experiências negativas, deixando em minha vida e em minha memória apenas o que é positivo para mim.

Terminei a graduação no final do ano passado e isso foi um divisor de águas, ao realizar o sonho de ter uma formação superior, pude perceber ou relembrar o quanto eu sou capaz de me reerguer, me reinventar e de me tornar alguém cada vez melhor, enfrentando todos os reveses da vida de cabeça erguida.

formatura-dani-vou-de-preta

Não estava contente com o meu visual: acima do peso, ainda tenho problemas com acne, mesmo já não sendo mais nenhuma garotinha e o meu cabelo estava sem brilho, sem formato, sem graça. Aos poucos fui abrindo mão da escova e da chapinha, mas nas primeiras vezes que soltei o cabelo, no final do dia parecia um leão saindo de uma briga rsrsrs, mas tomei gosto pela coisa, soltar o cabelo me tornou mais confiante, fez com que eu me sentisse mais bonita, mesmo que isso fosse só impressão minha. A Dai, que pra quem não sabe é minha irmã caçula, volta e meia me dizia para mudar a cor do meu cabelo, fazer umas luzes, californianas, algo que mudasse um pouco o negro total das minhas madeixas, mas eu sempre fiquei relutante, sou um tanto medrosa, confesso. Os cachos foram tomando forma, e eu fui ficando ainda mais autoconfiante, percebi que o meu corpo é reflexo do que vivi e que o meu rosto, marcado ou não é o espelho da minha alma e se alma está leve, tenho deixado o sorriso transparecer o que estou sentindo.

Dani-vou-de-preta

 

Essas últimas semanas tem sido especiais pra mim, eu não sou narcisista, mas não há mulher no mundo que não fique feliz quando  elogiam a sua aparência e modéstia a parte, elogios é o que mais tenho ouvido, desde os meus amados alunos, até de pessoas que vejo vez ou outra. Uns dias atrás parei pra pensar e cheguei a conclusão de que a autoestima é metade do caminho pra ser feliz e cada dia tenho mais certeza disso, a partir do momento que comecei a me aceitar como sou e me amar de verdade, parece que o mundo tem me retribuído com mais amor ainda. Então se amem pretas, é o melhor que podemos fazer por nós mesmas. Bjos da Preta aqui.

 

Dani dos Passos Sobre Dani dos Passos

  • Heloísa

    Estás maravilhosa, Dani e eu estou muito feliz por você. Mais e mais sucesso e felicidade é o que te desejo, amiga lindona! Você merece tudo de bom!!!

  • Ana Paula

    Parabéns Dani e meninas do Vou de Preta..um incentivo é sempre bom, ótimo, maravilhoso…Rumo aos cachos….amO

  • sara

    Lindaaaaa como sempre, Dani… Adorei seu corte! E viva os cachos o/// heheheh

Google+