Vimos por aí #6

por sexta-feira,28 novembro, 2014 0 1

4

A semana inteira fiquei te esperando pra ter sorrindo, pra te ver catando ♫

Hello pretas, como foi a semana?

Se você passou a semana inteira ocupada e não teve tempo de ficar bem informada, acompanhe o Vimos por aí e fique bem informada com a gente!

 

♥ Ta sabendo que a Karen Hills, atriz que faz o Sexo e as negas vai viver a personagem de Whoopi Goldberg no teatro? Ela vai participar do musical Mudança de Habito e na mesma entrevista ela fala sobre a polêmica no início do seriado Sexo e as Negas.

 

♥ Essa semana o caso de uma modelo que vive na Cracolândia em São Paulo teve bastante repercussão, porém a questão que deve ser levantada e discutida é: porque uma modelo morando na Crocolândia gera tanta comoção, e as crianças, adolescentes e até mesmo idosos que vivem na mesma condição passam despercebidos?

 

♥ Vocês tão sabendo que a atriz Halle Berry, está processando o seu ex marido, Gabriel Aubry, por tentar “embranquecer” a filha do casal, o pai da criança estaria alisando o cabelo na menina que é naturalmente cacheado e também clareando os fios com mechas loiras.

Alguém avisa esse cara que a atitude dele não está com nada. Cabelo cacheado é tudo de bom!

 

♥ Lembram que um tempinho atrás a Mi fez um post questionando a falta de autores  negros, veja a surpresa da literatura negra,Taiye Selasi impulsionou o termo afropolita, equivale a uma realidade: ser africana do mundo.

 

♥ Ainda sobre os autores negros, Lázaro Ramos lançou seu primeiro livro infantil: A Velha Sentada

 

♥ Um fato que nos deixa triste é perceber que os nossos jovens negros continuam sendo brutalmente assinados e autoridades fecham os olhos pra isso e o mais surpreendente de tudo é que isso não acontece somente aqui no Brasil:  foi decidido essa semana que o policial que assinou brutalmente o adolescente Michael Brown não será processado.
Devido a essa decisão da justiça americana, vários protestos tem acontecido nas cidades, o que obrigou o presidente americano  Barack Obama a fazer um apelo por diálogo, e o secretário de Justiça do governo prometeu uma investigação federal sobre a morte de Michael Brown.

 

♥ É inaceitavel que ainda nos dias de hoje nossas mulheres pretas ainda estejam sendo mutiladas e tratadas com descaso dentro dos hospitais, essa semana o governo liberou um triste dado: Mulheres negras são 60% das mães mortas durante partos no SUS, diz Ministério, devido a isso o governo lançará uma campanha para coibir o racismo nos hospitais públicos.

 

♥ Pra finalizar e começar o final de semana com pé direito, deixamos uma musica que amamos muito, porque é linda de morrer:  Ellen Oléria – Zumbi

♥ Vamos a praia? A Mel Soares do blog Relaxa aí Fofa, fez um guia com modelos de biquínis e maios plus size.

 

♥ E para as baladeiras de plantão que já estão pensando na cor do batom que vão usar hoje a noite, a Jéssica Maia fez uma seleção dos TOP 5 Batons Coloridos para Negras no Verão, vale a pena conferir as dicas e se inspirar.

 

E fiquem ligadas que o VdP está cheia de novidades vindo por aí ;)

Beijo das Pretas!

No e Low Poo: o que é e como fazer?

Olá pretas e cacheadas!

Vocês já ouviram falar nas técnica No e Low Poo?

Esses termos já se tornaram comuns no mundo das cacheadas, e por mais que assuste um pouco, e tenha algumas restrições de produtos é bem simples de entender.

Mas primeiro, você precisa entender porque esta técnica pode ser útil para as nossas ondinhas!

No e Low Poo - o que é?

É muito comum vermos cabelos lisos muito sedosos e brilhantes, e em contra partida os cabelos crespos e cacheados quase sempre são ressecados e sem vida. Isso tem um explicação muito simples: a oleosidade natural do couro cabeludo, precisa percorrer toda a extensão do fio pra poder nutrí-lo com as vitaminas que ele precisa pra estar saudável e brilhoso. Nos cabelos lisos, estas vitaminas naturais não encontram muitos obstáculos pra chegar até as pontas. Já em um cabelo ondulado, cacheado e crespo, o trajeto é muito maior. E pra ajudar – #sqn – normalmente, nós cacheadas lavamos os cabelos quase todos os dias, e os shampoos que deveriam ser aliados, podem estar prejudicando ainda mais, pois além de “tirar” a oleosidade natural do cabelo, contém substâncias que podem impedir que outros agentes benéficos aos fios penetrem e dêem a nutrição necessária.

Por isso algumas técnicas foram criadas pra dar uma forcinha pra nossa natureza.

No e Low Poo - o que é?

Vocês já repararam que quanto mais espuma mais limpo fica? É a mesma coisa com os shampoos. Os componentes mais comuns que formam a espuma são o Lauryl Sulfate e o Sodium Laureth Sulfate. Eles ajudam na limpeza, mas são uma daquelas substâncias que falei acima, que removem toda a oleosidade natural do couro cabeludo. As técnicas Low Poo – que significa “pouco shampoo” – e No Poo – “nenhum shampoo” – consistem em ajudar os nossos fios, controlando o uso de sulfato nos produtos utilizados.

No Poo

O No Poo consiste no corte total de produtos com sulfatos. Mas como utilizamos muitos produtos que não se dissolvem apenas na água e a ajuda do sulfato seria necessária para limpar os fios, é necessário que estes produtos sejam substituídos por solúveis em água, para que o efeito não seja reverso.

 

Low Poo

Como o nome sugere, Low Poo é o uso racionado de shampoos que contenham sulfato e proporcionam uma limpeza maior. Não significa que não possa utilizá-lo, mas o uso é moderado, normalmente de 15 em 15 dias.

Como o uso de sulfato é “liberadado” dentro desta técnica, pode-se utilizar produtos que contenham ingredientes insolúveis em água, desde que se faça dentro dos limites para que o cabelo não sofra com aspecto sujo, e que o uso do sulfato não se torne rotineiro novamente.

 No e Low Poo - o que é?

Por mais que as duas técnicas sejam bem parecidas, cada uma possui sua particularidade, mas em nenhum dos dois casos você deve para de lavar os cabelos, apenas utilizar produtos que não contenham sulfato ou ingredientes insolúveis em água. Entendido?

Como muitas meninas já aderiram à técnica, existem muitas listas de produtos liberados e proibidos para quem deseja se tornar adepta.

Confira aqui os produtos liberados, e aqui a lista de composição do que pode e o que não pode.

 No e Low Poo - o que é?

Eu confesso que não tive coragem de começar ainda, até porque quero experimentar mais novidades nos meus cachos, e quando fizer (sim! eu vou fazer) quero mergulhar fundo nisso. Mas alguma de vocês já tentou, segue a cartilha No/ Low Poo ao pé da letra? Compartilhem com a gente a sua experiência e se tiverem alguma dúvida, mandem, que mesmo que a gente não saiba, a gente vai atrás da resposta! ;)

 

Vimos por aí #5

4

Hello blacks!

Tudo belezinha por aí? Esperamos que sim, porque já estamos no ritmo ragatanga pro verão!

O Vimos por aí de hoje é especial a este mês que comemora a nossa negritude e a beleza de sermos quem somos.

Por isso já vamos começar com música, e música boa 0/

 

♥ O Virgula criou uma lista com 10 artistas negros que precisam ser conhecidos pelo mundo!

Como a lista é grande, selecionas 2 (sóóó???) e a gente super indica conhecer um pouquinho mais desses artistas e dos outros 8, no site

 

Essa é a FKA twiggs, a gente já comentou dela por aqui, mas a música (e a voz) dela é mais importante que o namorado… Dá o play!

 

E essa é a Tássia Reis, uma paulista que resolveu escrever suas letras e encaixar na melodia de um jazz misturado com hiphop. Depois de ouvir a de cima, volta aqui pra ouvir essa também!

 

♥ É tão bom a gente ter com quem conversar sobre os assuntos tão particulares de nós mulheres negras, não é? E tem muitas outras meninas pelo Brasil afora falando de make, cabelo e comportamento, assim como nós. E no Rio de Janeiro algumas blogueiras se uniram pra fortalecer a aceitação da beleza negras, por nós, mulheres negras. Confira aqui a matéria.

 

Normalmente nós passamos links diretos de matérias e artigos, mas encontramos dois sites tão legais que não dava pra escolher um artigo só, então acessem e divirtam-se:

Ninja e No Brasil

 

♥ Como nós queremos prestar um serviço de utilidade pública, confira este artigo que fala sobre o abismo social existente no Brasil entre negros e brancos.

 

♥ E se algum ~coxinha~ te disser que não existe racismo no Brasil, manda ele fazer o teste do pescoço!

 

♥ Como não podia ser diferente, teve muita gente falando sobre o dia da consciência negra.

Alguns mandando muito bem, como a Gabriela Moura do Blogueiras Negras. Outros nem tanto, como foi o caso dessa (no mínimo) controversa propaganda da Jhonnie Walker. Aliás, na legenda desse post tem um link (esse) onde a primeira coisa que você vê é a palavra “macaco” bem grande, e depois que mais elementos vão surgindo, aparece a #vocêfazofuturo, aí você vê o vídeo e entende porque a propaganda é tão imbecil, quanto você realmente achou que ela fosse. Um negro me dizendo que o melhor que se pode fazer com pessoas racistas é ignorar o ato de preconceito. Nós concordamos que não se deve partir pra violência NUNCA, mas descordamos veementemente que com a mensagem sublimar disso tudo que diz que o negro só sofre com racismo porque quer, porque é o próprio negro que dá ouvidos a isso e acaba sendo vítima. Aposto que o roteirista do vídeo e o redator do post eram brancos!

 

Queríamos mostrar muito mais coisas pra vocês, mas vocês não iriam nos suportar :/

Fica pra próxima.

Beijos e ótimo fim de semana pra vocês!

 

Consciência dos herdeiros de Zumbi dos Palmares

20 de novembro: uma data que é ao mesmo tempo é comemorada e questionada, nesse dia, lembramos a morte de Zumbi dos Palmares, um grande líder na luta pela liberdade do povo negro em nosso país e como forma de homenagem instituiu-se o dia da Consciência Negra, o que ainda gera muita discussões, principalmente por parte dos “proclamadores da igualdade”, que julgam essa comemoração como forma de separação entre as raças ou, acreditem, até mesmo como uma forma de racismo.

Essas afirmações contrárias à  comemoração do Dia da Consciência Negra me deixam incomodada, por que a todo tempo vejo outras etnias comemorando suas tradições e suas memórias e ninguém os aponta o dedo, discriminando, alegando que estão separando as pessoas por raça, dizendo que isso é um erro já que todos são iguais, estranho, não?

Fonte: www.bahiaatual.com/

Fonte: www.bahiaatual.com/

Em um dia desses, por conta de uma postagem no facebook, me questionaram o por que de eu encher a boca para dizer “meu povo”, quando me referia aos negros, fiquei intrigada com o incômodo que tal pessoa demonstrou, pois vejo todos os dias, principalmente na região em que vivo (sul de Santa Catarina), pessoas nascidas em solo brasileiro e vivendo aqui, afirmarem categoricamente e com muito orgulho, serem alemães, italianos, poloneses… e tudo isso é visto com muita naturalidade, então por qual motivo não posso me identificar os descendentes de escravos e chamá-los de meu povo? Já que devido ao tráfico negreiro e as e as medidas tomadas para a “domesticação” do nosso povo, não podemos afirmar com exatidão de onde nossos bisavós ou tataravós vieram.

Com certeza é preciso muito mais que um dia para que a nossa história seja lembrada ou celebrada, o ensino da cultura negra deve ser promovido nas escolas, a fim de promover o conhecimento e incentivar nossas crianças a terem orgulho de sua raiz, valorizarem o esforço dos nossos antepassados, fazendo valer toda a força que herdamos. Que esse dia se multiplique na nossa sociedade para que se tenha a consciência de que nós negros temos potencial para vencer qualquer obstáculo que essa sociedade hipócrita e racista nos impõe, devemos fazer valer a luta de Zumbi para que fôssemos livres dos grilhões, que atualmente deixaram de ser físicos, e passaram a ser mentais, minando nossa autoestima dia a dia.

Fonte: www.sescsp.org.br/

Fonte: www.sescsp.org.br/

Zumbi dos Palmares revive em mim, toda vez que demonstro o quão orgulhosa sou da minha cultura e do meu povo, por que sim, somos um povo, um povo que  mesmo com todas as dificuldades do cotidiano, sorri, canta e dança, um povo que faz duas vezes mais pra ter seu trabalho reconhecido, mas que mesmo assim não se dobra. Valeu Zumbi por lutar pela liberdade do nosso povo e nos fazer crer que a luta de uns é benefício para muitos, você viverá em mim, pois se hoje sou livre para dizer, fazer e ser o que quiser, devo isso ao seu sacrifício.

 

Hits do Axé Verão/Carnaval 2015

por segunda-feira,17 novembro, 2014 0 , , , , 0

Primeiramente quero me apresentar, sou o Dj William e atuo como dj a 8 anos em Criciúma e na região, gostaria também  agradecer as meninas do Vou de Preta pelo convite.

Venho trazendo um pouco sobre o que vai rola no mundo da música e como estamos  com esse clima de verão vou trazer um pouco dos hits do axé da Bahia que devem bombar no verão e no carnaval de 2015.

1- Como vem acontecendo nos últimos verões,  Léo Santana deve emplacar mais um sucesso: MAMULENGO

2- Márcio Victor com o Psirico também não poderia ficar de fora dessa lista: Xenhenhem

3- EDCITY – BARACATUMBA TETÊ

4- Pagodart  – A Volta

5- Cheiro De Amor – Jasmim

6- SAIDDY BAMBA feat. Igor Kannário – Tremer Tremer

E aí você colocaria mais alguma música nessa lista?

Agora é aguardar o verão e o carnaval 2015!

 

Autor: William Simão