As várias faces do preconceito no Brasil Atual

por quinta-feira,30 outubro, 2014 0 , 0

Olá pretas, o assunto de hoje é sério e pertinente: O preconceito que está explodindo na sociedade brasileira atual. Quando digo explodir é por que ao meu ver tais preconceitos são como explosivos, estão lá, guardados, escondidos, apenas esperando um “detonador” para serem liberados, e o estopim da vez tem um fator chamado eleição. Esse momento que deveria ser de respeito e democracia acabou se tornando um motivo para muitas pessoas extravasarem seus diversos preconceitos.

Sempre antenada nas redes sociais (para o desespero da minha mãe e até mesmo das minhas filhas) comecei a perceber algo que me incomoda muito: as pessoas estão cada vez mais despreocupadas em esconder o racismo, o machismo, o preconceito de classe social e além de tudo estão dando força para um um preconceito que eu até então, não conhecia: o preconceito político. Há uma onda de intolerância por todo país, um número crescente de pessoas que acreditam ser superiores à outras e que despejam diariamente as suas frustrações via internet, amealhando um bocado de simpatizantes e seguidores.

Quantas Facestem o Seu Preconceito-

Percebo que há nesses indivíduos uma necessidade em parecer ter ou ser mais que o outro, para se sentirem bem é necessário ter seu ego massageado com luxos que só o dinheiro e o prestígio social podem comprar, mas como se sentir especial dentro de um avião que está rumando para um destino paradisíaco, seja ele dentro ou fora do país, se ao meu lado viaja uma simples empregada doméstica (É o fim do mundo! diriam alguns)? Como me sentir uma mãe ou pai “diferenciado” por ter um filho aprovado na faculdade de medicina, se o filho do pedreiro, com muito menos tempo ocioso, muitos menos oportunidades e muito menos dinheiro conseguiu entrar também? Atualmente as pessoas com menor poder aquisitivo estão deixando de ser invisíveis, competindo igualmente, ou quase que igualmente com aqueles que acreditavam estar sempre à frente, atualmente é necessário muito mais capacidade para se tornar um profissional respeitado, só ter status e nome muitas vezes já não basta.

Gerada também pelo estopim eleição, uma enxurrada de comentários negativos e carregados de xenofobia, foram destinados ao Nordeste devido o resultado das eleições, os nordestinos sempre tão alegres e hospitaleiros, estão sendo execrados por votarem em massa na atual presidente Dilma Roussef, mas por que somente os nordestinos? sendo que em números totais a candidata recebeu mais votos na região sul /sudeste do que na região norte/nordeste? A verdade é que esse preconceito muito mais do que político é também cultural, há quem ainda veja o nordeste como um lugar sem cultura e sem desenvolvimento, quando na verdade há muito tempo o nordeste é polo cultural  do nosso país, nos presenteando com artistas que representam o Brasil no mundo inteiro, caso de Jorge Amado, Ariano Suassuna, Graciliano  Ramos (meu preferido) e muitos outros expoentes da literatura e da música brasileira, além do desenvolvimento econômico que é inegável  em vista de alguns anos atrás.

wallpaper

Esse sentimento irracional de superioridade tem tornado o Brasil, um país dividido, onde uma “pseudo” elite acredita que por deter o poder econômico, ou no caso da grande maioria que conheço, pensam deter o poder econômico, acreditam que os  rumos do nosso país devam estar submetidos à sua vontade, falam muito em meritocracia, mas ingressam no funcionalismo público por conta de favores, falam que as pessoas precisam ser autônomas sem a ajuda do governo, mas em grande parte da vida contaram ou ainda contam com a ajuda financeira da família. Na minha humilde opinião, falta consciência e espelho pra muita gente. E sem esquecer que preconceito é crime, não deixe de denunciar. Beijocas.

Onde estão os escritores negros?

Hoje é dia do Livro \0/

E pra “comemorar” esta data vim compartilhar com você um pouquinho das minhas relíquias.

Escritores Negros

Eu adoro meus livros e adoro emprestar também, desde que me devolvam claro hahaha Eu gosto muito de compartilhar o conhecimento ou a fantasia, e assim poder ter alguém pra conversar a respeito ♥

Sou bem eclética pra estilos de leitura, e tirando auto-ajuda e terror, eu encaro tudo o que vier. Ah! Tira Crepúsculo também, porque eu não sou obrigada!

Quando eu era adolescente (que faz muito tempo), eu adorava ler Agatha Christie e as aventuras do detetive Hercule Poirot. Os climas de suspense sempre me fascinaram, até eu ler todos os livros da autora disponíveis na biblioteca da escola.

Gosto muito de sagas, como Harry Potter e Percy Jackson, e também aventuras mais modernas como os livros do Dan Brown. Comprei a um tempo atrás a coleção do Guia do Mochileiro das Galáxias do Douglas Adams, mas devo admitir que ainda estão plastificados por falta de tempo para leitura. E não posso esquecer do meu autor brasileiro preferido, Luis Fernando Veríssimo e suas comédias da vida privada,

Mas em meio a todos estes, meu autor preferido de longe é o Tolkien, criador d’O Senhor dos Anéis, e o que mais me encanta e me deixa admirada com as obras dele é por ele ter criado um mundo inteiro, com tudo que se tem direito, apenas pra alimentar a paixão que ele tinha por inventar línguas. Pra quem conhece um pouquinho dos livros do autor, sabe que existem diversos idiomas e escritas de todos os povos existentes na Terra-Média, e tudo começou por aí, quando o professor de linguística na universidade de Oxford decidiu criar personagens que pudessem desenvolver as línguas criadas por ele. É muita paixão!

Escritores Negros

 

Só tem um detalhe em todos estes autores, não tem nenhum negro, nenhum deles escreve (ou escreveu) para negros, ou sobre negros… E resolvi pesquisar sobre isso, porque realmente não lembro de nenhum escritor negro famoso.

Na lista de “escritores afro-brasileiros” disponível na Wikipédia, conheci apenas dois nomes: Lima Barreto e Machado de Assis. Mas sinceramente, nunca ouvi ninguém se referindo a nenhum deles como afro-descendentes.

Pesquisei mais um pouco e descobri outros nomes como Elisa Lucinda, que eu só conhecia como atriz, Paulo Lins, Conceição Evaristo, e alguns outros mais conhecidos como MV Bill e Celso Athayde.

Ainda nas minhas pesquisas eu descobri a escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, que recebeu um prêmio recentemente por seu livro de ficção “Americanah”. Nem preciso dizer que entrou pra minha lista de livros a serem lidos, né!

Escritores Negros - Chimamanda Ngozi Adichie

Mas o que eu quero dizer com isso, é que devemos utilizar cada vez mais das armas que temos em mãos para lutar pelo nosso direito de sermos ouvidos. Hoje em dia você não precisa mais de uma grande editora para escrever um livro, basta um computador conectado na internet e uma boa divulgação, e você mesmo pode lançar seu e-book (livro digital) e fazer sucesso.

Espero que a geração futura possa apreciar tantos escritores negros, quanto os brancos que eu aprecio hoje.

Pelo fim do mimimi eleitoral!

por segunda-feira,27 outubro, 2014 0 , , , 0

Bom gente, finalmente o período eleitoral acabou!

Triste pra uns, feliz pra outros, mas infelizmente o que eu vi foi muita distribuição de ódio gratuito na internet e até pessoalmente.

Como muitos sabem, política, religião e futebol não se discutem com amigos, sob o risco de se perder a amizade. Eu levo essa regra pra vida, porque eu realmente não gosto de discutir esses assuntos que acaloram tanto os debates mundo afora.

Eleições 2014

Durante toda a campanha eleitoral, vi muitas pessoas defendendo e atacando ambos os candidatos, porque a Dilma isso, o Aécio aquilo, e o meu candidato é o melhor pro Brasil e mimimi…. Gente, sério! Nenhum dos dois seria o melhor pro Brasil. São farinha do mesmo saco e não é só o PT que rouba, aliás, não é o PT, são os políticos, de todos os partidos. Aí as pessoas vem defender o partido, como se sua vida dependesse disso. Me poupe!

Eu queria que essas pessoas defendessem o meio ambiente como defendiam seu candidato e partido, defendessem os animais, as crianças, as mulheres vítimas de abuso e violência doméstica. Tem tanta coisa mais importante pra discutir e defender, mas a mesquinharia sempre acaba vencendo essa discussão. Aí vai chamar todo mundo de burro e ignorante, só porque não votou no seu candidato. Sério? Deve ter aprendido muito com ele né, começando com o desrespeito pelo povo, porque só o que eu vejo é desrespeito. Maqueam seu preconceito e xenofobia com a hashtag “minha opinião” e depois pedem respeito porque era somente a “sua opinião”. Ouvi muita gente dizendo que querem erguer um muro no país, pra dividir os estados que votaram na Dilma e os que votaram no Aécio, como se ninguém no sul e sudeste tivesse votado na Dilma, e ninguém no norte e nordeste tivesse votado no Aécio. Parabéns pra essas pessoas, estão provando que não sabem respeitar a opinião da maioria, xingando e ofendendo o povo (principalmente nordestino). Tá serto!

Li no Facebook algo que me abriu os olhos para o que tá acontecendo, desculpe a quem escreveu porque eu realmente não lembro, mas dizia que é fácil xingar nordestinos e pobres de ignorantes, quando se tem uma cama quentinha e comida na mesa. Nós não passamos pelo o que eles passam todos os dias e devemos agradecer muito a Deus por isto (ó eu falando de religião). Se eles votaram em um determinado candidato, foi com a mesma intenção de quem votou no outro: melhorar de vida. Porque não é só a minha ou a sua que precisa melhorar, é a do país inteiro. E certamente eles acreditam que a Dilma irá trazer melhorias e mudanças, talvez por ter sido o único governo que fez algo efetivo por eles – me julguem agora. 

Eleições 2014

Enfim, a realidade é que não podemos fazer mais nada. Só esperar que a nossa não tão nova presidente faça um bom governo e governe para todo o Brasil. Porque não foi o nordeste que elegeu a Dilma, foi o Brasil inteiro!

#MinhaOpinião

Beijo a todas e não me odeiem por isso. *Risos*

Moda Plus Size Verão 2015

por quinta-feira,23 outubro, 2014 0 No tags 0

Um dia eu acerto numa loteria e viro um It Girl… Sonhar não custa nada, e enquanto isso não acontece, eu fico namorando e estudando todas as tendências de moda das novas estações.

Acho que a indústria têxtil tem muito a melhorar, principalmente na questão dos tamanhos padronizados, porque é muito frustrante você pegar a sua numeração e ela não te servir, por outro lado fico feliz pela evolução da moda Plus Size ( eu sei que muita gente vai dizer que não deveria ter essa variação, que um modelo de peça deveria servir pra qualquer pessoa, mas enfim, ainda não chegamos a esse ponto ) mas em todo caso eu fico mega feliz em encontrar roupas que são feitas especialmente para o meu tipo de corpo.

Vamos às tendências do verão 2015

Estampas

Certamente você que está meio cheinha deve estar pensando: Aiii mais roupa estampada pra mim? Quem disse que nós mulheres gordas, gordinhas, fofas delícias,  não podemos usar roupas estampadas? As roupas com estampa tem muito charme e são muito femininas, aposte nas estampas florais, animal print e étnicas. Vestidos, blusinhas, camisas totalmente estampadas ou com pequenos detalhes nas barras, ombros ou mangas deixam as peças delicadas e super charmosas. O mais legal é que a estampa é muito versátil e pode ser usada tanto em ocasiões mais sociais quanto nas mais despojadas.

Fonte: facebook.com/gabifresh

Fonte: facebook.com/gabifresh

 

Saias Midi

Outra aposta que vem com tudo para esse verão é a saia midi; aquele modelo que tem o comprimento entre o joelho e tornozelo. Aposte em todas as cores e estampas!

saia-midi-moda-plus-size-vou-de-preta

Fonte: instagram.com/ciaa

Tons Pasteis

Esses já foram sucesso no verão passado e em 2015 não será diferente, para as plus sizes que não gostam de cores fortes e vibrantes, os tons pasteis estarão em alta na estação mais quente do ano.

Fonte: facebook.com/gabifresh

Fonte: facebook.com/gabifresh

Calça Estampada/Colorida

Essa com toda certeza é uma das minhas tendências favoritas; as calças estampadas ou coloridas dão um toque todo especial no look, as estampas de animal print, florais e geométricas estarão em evidencia! #desejandoumacalçaestampada

calça estampada

Jardineiras

Foi amor a primeira vista por essa tendência do verão 2015, essa peça que foi famosa nos anos 90 está voltando com força total, pode ser combinada com tênis, sapatilhas, rasteiras e compor um look bem despojado, perfeito para as noites de diversão no verão!

jardineira-vou-de-preta

Fonte: instagram.com/ciaa

 

Dica: Lojas online que vendem moda plus size

PosthausChica BolachaAchados Plus Size

 

Beijoooo da preta!

 

 

Vimos por aí #3

por sexta-feira,17 outubro, 2014 0 0

Oi pretas!

Hoje é dia de mais um #Vimosporaí e eu não sei vocês, mas esse mimimi de politiqueiros pra tudo quanto é lado já deu #sóacho

Pra descontrair, vamos comemorar o final de semana 0/

tumblr_ndejlnebkE1r3gb3zo1_400

 

Vem com a gente ver o rolou de mais legal (ou nem tanto assim…=/ )

 

♥ Pra quem não viu a Rose Oliver no The Voice ontem à noite e perdeu a nega botando qualquer Claudia Leite no chinelo ;)

 

♥ Com a saída da Patrícia Poeta do Jornal Nacional, a meteorologista do Bom Dia Brasil, Maria Julia, é cotada para entrar no rodízio de apresentadores do JN e com isso será a primeira mulher negra a apresentar o programa.

 

♥ Lembra do Chris, de “Todo mundo odeia o Chris”? Ele cresceu e está no elenco de Dear White People, um filme que fala da dificuldade social encontrada por negros americanos na universidade. O filme está estreiando hoje nos Estados Unidos, mas não tem nem previsão de vinda para o Brasil – ainda bem que temos a internet 0/ Confira aqui uma resenha e o último trailer do filme.

 

♥ Há poucos dias a Dani escreveu sobre a sua condição de negra, professora e mãe solteira, e levantou a questão preconceito duplo que enfrentamos: por sermos mulher e sermos negras; e o papel dela como professora que pode mudar o futuro de seus alunos.

A Viviana é negra, mulher, nordestina, e pedagoga (como ela mesma se descreve) e dividiu a experiência dela em um projeto com o tema “Descobrindo a África que está em nós” e assim como a Dani, e muitas outras professoras negras, enfrenta a estranheza de seus alunos.

 

♥ E se você tiver com um tempinho livre, pode conferir o artigo das Blogueiras Negras: Escola, Racismo e Negritude – Negar não resolve nada. Enfrentemos!

 

♥ Pra quem vai sair no finde e quer causar com um look a lá ~diva africana~, temos uma dica quentíssima aqui!

 

♥ E já que o assunto é look, o Téo Pereira Ups! Hugo Gloss fez um “certo e errado” para franjas inspirado nos hairstyles da Queen B – que vacilou no último corte ¯\_(ツ)_/¯

 

A negra vaidosa Gisele Lopes fez um tutorial de make com azul, quebrando o tabu de que pele negra não combina com cores frias. Se inspirem!

♥ E só pra encerrar vamos ouvir Ludmilla, só porque a música é pegajosa hahahaha

 

E por hoje é só pe-pe-pe-pretas! :D

Participem com a gente, comentem, deixe sua opinião e nos ajudem a fazer um VdP  mais legalzinho pra vocês!